Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Despertarosentir

Despertarosentir

Luz

12
Set21

Expressões populares


Isaurinda baltazar

O sobrinho do José o João, chegou ao seu destino, onde vai trabalhar. Espera que o amigo o vá buscar, e pensa:

Quem espera desespera, mas quem espera sempre alcança. Mas também a pressa é inimiga da perfeição, e quem procura acha.

E lá estava ele com os seus pensamentos.

Chegou o amigo e lá vai ele, o amigo começa com, conversas loucas e ele fez orelhas mocas.

Afinal para o pobre tudo é esmola.

E de graça nem os cães vão à caça, e o João começou a ficar com a pulga atrás da orelha, porque pau que nasce torto tarde ou nunca se endireita. Quando a esmola é grande, o pobre desconfia, e no meio de tudo isto, gato escaldado da água fria tem medo. Não quero ser pobre e mal agradecido, mas amor com amor se paga.

E o João pensou, vou passar de cavalo para burro, dá com uma mão e tira com as duas, isto quem muito se abaixa o rabo lhe aparece, e ele que não pense que é com vinagre que se apanham moscas.

E como de noite todos os gatos são pardos, o bom filho à casa torna.

Amigos da onça, é o que não falta.

11
Set21

Expressões populares


Isaurinda baltazar

Os dois compadres, o José e o Chico vinham rua abaixo, a falar do sobrinho do José, que foi trabalhar para o estrangeiro. E o José dizia:

-

José- O outro estava sempre a ligar, e água mole em pedra dura tanto bate até que fura.

Chico- Palavras leva-as o vento.

José- E quem muito fala pouco acerta.

Chico- É preciso é não cair em saco roto.

José- Pois, mentira tem perna curta.

Chico- Sabes, cadelas empresadas parem os cães cegos.

José- Deixa lá ver se não está a contar com o ovo no cu da galinha.

Chico- Pois mais vale um pássaro na mão que dois a voar.

José- Deixa lá, o sol quando nasce é para todos.

Chico- Isto, à mais marés que marinheiros.

José- Isto, mais depressa se apanha um mentiroso que um coxo.

Chico- Olha! O maior cego é o que não quer ver.

José- Vamos a ver o fundo ao cesto?

Chico- Grão a grão enche a galinha o papo.

José- Sim, devagar se chega ao longe.

Chico- E depois é deitar cedo e cedo erguer, dá saúde e faz crescer.

 José- Diz o tacho à serta chega-te para lá não me mascarres.

Chico- Olha acho que é muita parra e pouca uva.

José- Até ao lavar dos cestos é vindima.

Chegaram a casa.

José- Olha, tristezas não pagam dívidas!

Chico- E quem canta seus males espanta.

 

Até amanhã.

 

09
Set21

Desejo a todos


Isaurinda baltazar

A minha gratidão a todos, pelo tanto que me dão a cada dia.

Desejo a todos.

Que tenham a força dos céus.

A luz do sol.

O brilho da lua.

O resplendor do fogo.

A agilidade do vento.

A profundidade do mar.

A estabilidade da terra.

A firmeza da rocha.

E o coração a transbordar de gratidão.

 

 

Obrigado 😊

07
Set21

Procura


Isaurinda baltazar

Procurei-te nos cantos da casa.

 

Procurei-te em todos os recantos.

Nas paredes, no chão.

Procurei-te na mesa, na cadeira.

 

Procurei-te na solidão, no silêncio.

Na minha lágrima, na estranheza dos dias.

Procurei-te na luz do sol, na luz da lua, nas sombras da noite escura.

Procurei-te nas folhas das árvores.

Na brisa do mar.

Procurei-te na minha mão e senti a tua mão, levar a minha ao coração.

E foi no coração que te encontrei, onde vives eternamente com o meu amor.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub