Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Despertarosentir

Despertarosentir

Luz

18
Set21

Poço velho


Isaurinda baltazar

Um café depois de almoço, na esplanada e mais uma história, de outros tempos.

O senhor de 90 anos, contou que no tempo, em que se fazia tijolos.

Com barro, água e palha, eram dois casais, a carregar o material, para fazer os tijolos.

E em cada viagem, bebiam um copo de vinho, cada um.

As mulheres, zangavam-se com eles, porque já não tinham tino para o trabalho.

E diziam elas:

- Um copo de vinho devia custar, um conto de réis.

E eles diziam:

- A diferença que fazia! Se cada copo, fosse tamanho do Poço velho! Havíamos de arranjar 1 conto de réis.

O poço velho não seca, nem de verão nem de inverno.

O copo estava sempre cheio.

O Poço velho é uma referência da nossa aldeia.

E depois há o poço novo! Isto é uma aldeia, onde não faltam poços.

IMG_20210918_140320.jpg

IMG_20210918_140303.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub